Componente inovador criado por engenheiros da FCA conquista prêmio - FCA Latam
FCA Brasil
  • A A A

Enviar por email:

Componente inovador criado por engenheiros da FCA conquista prêmio

Componente inovador criado por engenheiros da FCA conquista prêmio

terça-feira, 20 de março de 2018

Alternador equipado com embreagem eletromagnética recebe menção honrosa no Prêmio SAE Brasil

Projeto desenvolvido pelos engenheiros da FCA  foi premiado pela Sociedade de Engenheiros da Mobilidade (SAE Brasil). A cerimônia de entrega do reconhecimento aconteceu, no último dia 20 de fevereiro, em São Paulo, reunindo os autores dos melhores trabalhos técnicos apresentados durante o Congresso SAE Brasil 2017, maior evento do segmento na América Latina. A inovação da FCA, assinada pela equipe da área de Economia de Combustível e Emissão de CO2 conquistou menção honrosa na categoria Veículos e Performance. Trata-se de um alternador (componente que gera energia elétrica para o carro) equipado com sistema de desacoplamento mecânico e elétrico, dotado de embreagem eletromagnética.

A tecnologia permite a melhor eficiência energética dos carros, com redução de 3% tanto do consumo de combustível, quanto das emissões de dióxido de carbono (CO2), nos testes realizados em laboratório. O projeto está em sintonia com metas globais de sustentabilidade. A redução dos gases de efeito estufa que causam o aquecimento do planeta é objetivo de vários países. Somente o Brasil pretende reduzir as emissões em 43% até 2030 em relação aos níveis de 2005. O governo brasileiro ofereceu incentivos para que a indústria automotiva desenvolva inovações tecnológicas nesse sentido, a exemplo do Inovar Auto.

Foto Luis Carlos_novo alternador (1)

O engenheiro Luis Carlos é o inventor do mecanismo

Inventor do sistema, Luis Carlos Monteiro Sales é Doutor e Mestre em Engenharia Mecânica e atua como especialista da FCA na área de Economia de Combustível e Emissão de CO2. Luis Carlos detalha que o projeto foi realizado a partir de um alternador convencional de alta eficiência, integrado a uma embreagem eletromagnética.

A embreagem eletromagnética permite que o eixo do alternador seja desacoplado ou acoplado do motor de sistema de combustão interna em função do nível de carga da bateria. Quando a bateria está suficientemente carregada (mais de 75% de carga nos testes realizados), o alternador fica desacoplado do motor de combustão”, explica o inventor.

O engenheiro esclarece que, quando o alternador está diretamente conectado ao motor, há um consumo gasto energético para mover esse sistema. Então, desacoplar completamente o componente quando a bateria está carregada significa aumentar o torque disponível. Sendo assim, foi possível obter resultados significativos de redução de consumo e emissão de CO2 nos testes nos ciclos urbano e estrada no laboratório, sem prejudicar o funcionamento elétrico do veículo.

Para esclarecer ainda mais sobre o funcionamento do sistema, o engenheiro faz uma analogia: “Quando utilizamos o ar condicionado do veículo, o consumo de combustível aumenta, pois o compressor fica acoplado ao motor de combustão interna. Se o ar condicionado não está ligado, o compressor fica desacoplado do motor e o veículo consome menos combustível, pois a energia necessária para o compressor vem do combustível. Da mesma forma e com um sistema similar (embreagem eletromagnética), o novo alternador em operação de desacoplamento e acoplamento, também reduz o consumo”, exemplifica.

O protótipo foi apresentado no Congresso SAE em artigo assinado por Luis Carlos Monteiro Sales e outros engenheiros da FCA: Lícia Gonçalves de Souza, Moisés Souza Mota, Luis Gustavo de Carvalho Monteiro e Edilson Pereira Pacheco.A FCA solicitou patente no Brasil, Europa e Estados Unidos desse sistema inovador, que já demonstrou com os resultados apresentados no Congresso SAE que “pode ser industrialmente desenvolvida em um futuro próximo”.

Compartilhar

Comentários

Posts mais lidos