FCA Brasil
  • A A A

Enviar por email:

O foco do cliente, em primeiro lugar

O foco do cliente, em primeiro lugar

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Inauguração do novo Centro de Distribuição de Peças da Mopar reduz tempo de entrega em 34% e atende 400 concessionárias Fiat, Jeep e Chrysler

Foi uma grata visão para boa parte dos convidados notar que, por trás daquele logotipo arredondado e azul, discretamente presente nas peças de milhões de carros brasileiros, estava um moderníssimo centro de distribuição de 42 mil metros quadrados montado em Hortolândia, interior de São Paulo, com capacidade para operar, por mês, 2 milhões de peças para os proprietários de carros da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) em oito estados do Brasil.

A inauguração do novo PDC (a sigla em inglês para “Parts Distribution Center”, centro de distribuição de peças) na tarde de quinta-feira, 13 de julho, reuniu autoridades, concessionários, jornalistas e fornecedores para conhecer de perto aquele que a própria FCA chama como “um dos melhores do mundo, e certamente o mais moderno centro da América Latina”. “Esse PDC é fruto de uma filosofia muito importante”, disse o diretor da Mopar Latam, Francesco Abbruzzesi. “Todo mundo costuma falar em ‘foco no cliente’ que, no fundo, significa olhar o cliente a partir do nosso ponto de vista. Nós da Mopar preferimos falar em buscar o ‘foco do cliente’, que significa sentar ao lado do cliente e enxergar o que ele enxerga, desejar o que ele deseja.”

IMG_1089

Francesco Abbruzzesi durante o evento de inauguração do PDC de Hortolândia: “Fruto de uma nova filosofia”.

Exatamente por isso, foram investidos R$ 15 milhões na estruturação de uma área de 42 mil m2 (veja mais números no infográfico abaixo) para que “a vida de quem dirige um carro da Jeep, da Fiat ou da Chrysler fique mais simples”, conforme definiu Abbruzzesi durante sua fala no evento de inauguração. Em mensagem exibida em vídeo, o CEO e presidente da Mopar, Pietro Gorlier reforçou a mensagem dizendo que toda a operação “não é sobre carros, mas sobre como tratamos bem nossos clientes”.

INFOGRAFICO_FCA_JPG_MOPAR

A escolha de Hortolândia, na região de Campinas, foi estratégica. Situada a 110 quilômetros da capital paulista, a cidade de quase 200 mil habitantes é próxima de algumas das principais rodovias do Brasil, com acesso fácil para o aeroporto internacional de Viracopos e para o porto de Santos. Como efeito, as entregas nos 800 quilômetros a sua volta serão feitas em até 24 horas. Oito estados serão atendidos com uma redução geral de 34% no tempo de entrega. “Seremos mais eficazes, do ponto de vista logístico”, diz Abbruzzessi. “Nossa missão é trabalhar para entregar as peças na hora certa e com a máxima qualidade possível.”

Criada em 1937 como uma linha de produtos anticongelantes para o sistema de arrefecimento, a Mopar (uma abreviação de “motor parts”, peças de motor) chega aos 80 anos como o braço de peças, acessórios e pós-venda do grupo FCA, atuando em 150 mercados no mundo todo, gerando 7500 empregos diretos e indiretos. Durante o evento do dia 13 de julho, os pilares de “confiança, conveniência e customização” foram detalhadamente explicados e exemplificados – tanto no portfólio, o maior do mercado nacional, de 1.200 acessórios, quanto em práticas de relacionamento com o cliente.

O Centro Distribuição de Hortolândia já responde por praticamente metade da movimentação de peças e acessórios no Brasil, dividindo com o PDC de Betim a operação de mais de 4 milhões unidades em circulação no país. Agora é sua irmã mineira que passa por processo de investimento em modernização, para continuar fazendo “mais simples” a vida de quem dirige carros da FCA.

Compartilhar

Comentários

Posts mais lidos