FCA Brasil
  • A A A

Enviar por email:

A rota das mulheres inspiradoras

A rota das mulheres inspiradoras

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Jornalista do site Plano Feminino cai na estrada a partir de dicas de uma mecânica, uma personal organizer, uma frentista e uma bombeira

Estamos em ritmo de férias, verāo e pé na estrada com Jeep Renegade. E para garantir uma viagem divertida, a jornalista Viviane Duarte (do site Plano Feminino) conversou com quatro mulheres inspiradoras que estão na linha de frente quando o assunto é segurança e bem-estar: Agda Oliver (que criou uma mecânica com foco no público feminino), Cintia Covre (personal organizer), Damares Silva (frentista de posto que deixou a função de vendedora de loja de cosméticos para decolar em outra área) e Mariana Galhardo (bombeira, que tem como missão de vida salvar a vida das outras pessoas). Estamos muito bem acompanhadas nesta viagem. Afinal, é bom ter dicas de como curtir os dias de ócio sem que o estresse do dia a dia nos persiga, certo?

pauta-vivi-01

 

UMA MECÂNICA, POR FAVOR!

Agda Oliver decidiu montar sua própria mecânica, depois de perceber que era subestimada nas mecânicas pelo simples fato de ser mulher.

“Eu já cheguei a pagar mais em peças que valiam menos e a ouvir amigas com reclamações similares. Vi nisso uma oportunidade de negócio, fui atrás de conhecimento técnico e montei a minha própria mecânica.”

Hoje, ela tem uma rede que só cresce e ajuda mulheres a entenderem cada vez mais de mecânica automotiva. Agda nos deu algumas dicas para ficarmos atentas na hora de viajar:

1. Leia o manual do carro para entender as funcionalidades do painel e outras informações que podem te ajudar. Verifique informações sobre as revisões periódicas, antes de pegar a estrada, como o tempo correto de troca de peças: correia dentada, velas, filtros e a limpeza do sistema de arrefecimento (parte de esfriamento do motor quente).

2. Tenha uma oficina de confiança e leve seu carro para que chequem suspensão, freio, óleo e parte elétrica. Nunca viaje sem revisão!

3. Observe o painel, pois, qualquer problema no carro, o painel vai avisar, acendendo uma luz.

4. Se a luz de óleo e temperatura acenderem no painel, pare imediatamente.
Se a luz da injeção eletrônica acender, pode seguir viagem e pare numa oficina próxima para checar.

5. Cheque com sua oficina mecânica qual o óleo correto para o seu carro e nada de economizar e usar óleos “similares”. É prejuízo futuro na certa.

6. Descer e subir serras exigirá um esforço maior do sistema de arrefecimento, da embreagem, das correias e freio. Cheque tudo!

7. Use o cinto de segurança e certifique-se de que todos os passageiros estejam seguros com o cinto também.

 

pauta-vivi-02

 

VAMOS ORGANIZAR A MALA, MIGA?

Cintia Covre, criadora da Otimiza Design,desde 2003 trabalha com o modelo de organização funcional, ajudando as pessoas a não se estressarem procurando aquela blusinha amarela ou o creme preferido por horas a fio. Sabe como? Seu trabalho consiste em fazer com que as pessoas entendam a máxima: MENOS É MAIS.

“É curioso ver como a gente é apegado até no que não faz mais sentido. Na hora de um descarte no processo de organização funcional vejo algumas pessoas apegadas em roupas ou objetos que nunca usaram ou estão há anos sem uso e por algum motivo insistem em não abrir mão e acumular. É preciso simplificar e desapegar para se organizar e renovar a energia nos ambientes da casa.”

E nessa pegada de simplificar a vida e ser feliz é que a gente foi atrás de dicas para você preparar as malas para descer para a praia e não precisar voltar com quilos de roupas sujas para lavar na volta. Vem com a gente e responda:

1. Dá para lavar e secar rápido?

2. Posso usar esta peça em diferentes ocasiões?

3. Esta peça da para fazer até quantos looks com outras?

4. O tecido é leve?

5. Quais os dois cremes essenciais para o rosto, corpo e cabelo de que preciso?

6. Que produtos preciso para minha higiene na hora do banho e cuidado bucal?

7. Quais acessórios mais versáteis e leves eu tenho que possa levar? Vestidos, saias curtas e longas, camisas com tecidos leves que possam servir de saída de praia e compor um look para a noite, biquínis que você possa trocar a parte de cima de um conjunto com a de baixo de outro e compor uma nova versão. Seja criativa para não precisar levar o guarda-roupas todo para a praia. Isso vale também para a mala das crianças. Se questionar do que realmente precisamos é sempre um bom exercício para não exagerar na hora da bagagem e sofrer com ela na volta do passeio.

CREMES E ACESSÓRIOS

Ter uma caixinha para levar acessórios leves dentro da mala e evitar que no deslocamento eles quebrem é uma boa. Além disso, levar os produtos de higiene e beleza dentro da sacola de praia evita que se acontecer um vazamento de creme, por exemplo, você perca uma peça de roupa. Não exagere e lembre-se da máxima: menos é mais, sempre!

pauta-vivi-03

UMA FRENTISTA PARCEIRA

Na hora de pegar a estrada as paradas para um lanchinho e abastecer o sempre acontecem,certo? Com a gente não foi diferente e em uma das paradas encontramos a Damaris Tavares, que tem 38 anos e, após perder o emprego de vendedora de loja de shopping, onde trabalhava em uma loja de cosméticos, decidiu encarar uma vaga de frentista em um posto na estrada. “Eu fiquei desempregada e decidi que me arriscaria, independentemente do que encontrasse pela frente eu faria o meu melhor e hoje estou aqui e muito feliz com o espaço que conquistei. Por sermos mulher temos que acreditar em nós e não deixarmos as pessoas acharem que somos incapazes. Com o tempo fiz meu espaço aqui e gosto muito. Quero fazer faculdade e comprar minha casinha. Sei que vou conseguir. Por aqui passam muitos carros e minha função é abastecer e verificar se o cliente precisa de uma troca de óleo ou uma lavagem no carro. Algumas vezes as pessoas não fazem a revisão nos carros e pegam estrada. Por aqui sempre vemos gente em apuros e tentamos ajudar da melhor forma para que sigam viagem em segurança. Quero ajudar para que eles curtam o passeio.”

Seguimos viagem e depois de balsas, lindas paisagens e muita música e papo chegamos na praia! Hora dos conselhos de uma bombeira que dedica sua vida a salvar a vida dos outros:

pauta-vivi-04

O PLANO DE SALVAR VIDAS
Ela sonhava em ser bombeira e mesmo com toda dificuldade que encontrou por ser mulher insistiu e é apaixonada pela profissão:

“Esta profissão para mim vai além do trabalho. Quero ajudar pessoas e estar sempre disponível para o que precisarem. Quero salvar vidas.”

Mariana Galhardo Santos, 32 anos, bombeira civil há 11, nos contou sobre os principais cuidados que devemos ter com nossa segurança ao viajar para a praia e curtir o sol e o mar:

1. RESPEITE as sinalizações de aviso na praia, como por exemplo: água imprópria para o banho, área de afogamento, água viva, entre outros.

2. Se ingerir bebidas alcoólicas, evite entrar no mar.

3. No mar, respeite o limite para embarcações como jet-ski, por exemplo. E sempre use colete salva-vidas em embarcações.

4. Nunca subestime o mormaço e o use protetor solar para evitar queimaduras.

5. Se ameaçar chover, saia da água e da areia e procure abrigos fixos como quiosques, casa, bares, lanchonetes, entre outros que sejam seguros.

6.  Em crianças e idosos que careçam de cuidados, coloque pulseira de identificação que não saia fácil no mar, com nome, telefone e nome do responsável. Além disso, os mantenha sob supervisão de um adulto e na beira do mar. Importante que crianças fiquem com boias nos braços.

7. Se avistar um afogamento, peça ajuda imediatamente para um guarda-vidas e não perca o campo de visão da pessoa que está se afogando. Apenas se souber nada bem e se sentir segura, se aproxime da pessoa por detrás dela e peça para que fique calma até o resgate chegar.

Estas dicas misturadas às histórias destas mulheres inspiradoras deram ainda mais vontade de continuarmos a viagem e contar ainda mais histórias com dicas para vocês. Até a próxima!

Compartilhar

Comentários

Posts mais lidos