FCA Brasil
  • A A A

Enviar por email:

Sol, surfe e sustentabilidade

Sol, surfe e sustentabilidade

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Circuito Jeep durante o WSL em Saquarema desperta a consciência ambiental e o amor das crianças pela natureza

Saquarema, no Rio de Janeiro, é considerada por muitos a capital nacional do surfe. Palco da etapa brasileira da World Surf League (WSL), a bela praia de Itaúna, além das ondas radicais, tem o ambiente perfeito para ensinar as crianças sobre a natureza e a importância da sustentabilidade.

Por isso, uma parceria entre a Jeep, do Grupo FCA, e a empresa de turismo sustentável BlueBirdsBr reuniu mais de mil crianças da rede municipal de ensino, de creches municipais, de entidades para crianças especiais e de colégios particulares durante a WSL. Elas têm idades entre 3 e 15 anos e se tornaram guardiãs ambientais ao participar do Circuito Jeep de Sustentabilidade. O objetivo da programação é engajar os pequenos com as questões de responsabilidade ambiental.

A ideia é formar multiplicadores, “transmitindo às novas gerações valores para a conservação do meio ambiente”, como explica o diretor de Comunicação Corporativa e Sustentabilidade da FCA, Marco Lage. Na opinião da coordenadora geral da BlueBirdsBr, Shantala Torres, a ação “é uma semente que está sendo plantada e vai gerar frutos para a comunidade”.

jbh_4668 (1)

De acordo com Shantala, as escolas e instituições escolhidas para o projeto não têm muito contato com a praia e nem acesso a atividades extraclasse. “Por isso, elas ficam muito felizes e demonstram interesse em aprender”, ressalta. A conexão com a natureza contribui para o engajamento das crianças com temas como a destinação adequada dos resíduos, a reciclagem e a preservação da biodiversidade. Elas se envolvem em atividades para redução de impactos ambientais dentro do próprio evento, entre elas a limpeza da praia e a conscientização dos surfistas e banhistas sobre o descarte adequado do lixo.

Os educadores também estimulam a prática do surfe, esporte que tudo a ver com a natureza, por meio de oficinas e brincadeiras, como o slackline. As crianças ainda aprendem os princípios da reciclagem e reutilização utilizando o material recolhido na praia para produzir arte sustentável. A oficina é orientada por um artista local e os trabalhos formarão um quadro que será doado para a Secretaria de Educação de Saquarema.

Além do quadro e de propagarem a mensagem sobre necessidade de preservar o ecossistema, os pequenos guardiões ambientais também deixaram outro importante legado para a cidade. Elas plantaram 330 mudas nativas da restinga – bioma de áreas costeiras – como compensação ambiental na praia de Itaúna.

18342384_1555250071152055_4363432141555342605_n

Texto: Mariama Correia
Fotos: Guto Santinelli

Compartilhar

Comentários

Posts mais lidos