FCA Brasil
  • A A A

Enviar por email:

Tecnologia ‘made in Pernambuco’ ganha o mundo

Tecnologia ‘made in Pernambuco’ ganha o mundo

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Engenheiros do Software Center de Recife interagem com mercados globais e criam soluções para os carros da FCA na América Latina

No bairro do Recife Antigo estão as principais empresas de tecnologia e as mentes mais criativas do mundo digital no estado de Pernambuco. Não é à toa que o Porto Digital é conhecido como “o endereço da inovação do estado”. É nesse pedaço hi-tech do Recife que funciona o Software Center da FCA. A unidade foi inaugurada em 2015 para desenvolver os softwares dos carros comercializados na América Latina. Mas a qualidade das soluções ‘made in Pernambuco’ chamou tanta a atenção dos mercados globais que, a unidade passou a atender também a América do Norte e a Europa.

Os softwares produzidos em solo tropical têm como foco melhorar a eficiência dos motopropulsores, reduzindo o consumo de combustível e a emissão de CO2. A equipe brasileira se destaca nas soluções para combustíveis limpos. Tanto que, atualmente, qualquer centro de pesquisa da FCA no mundo que deseja desenvolver motores com combustíveis alternativos, como o etanol, por exemplo, contará com o trabalho do Software Center de Pernambuco.

O engenheiro Lucas Nascimento é coordenador da área de Verificação e Validação de Software. Ele explica que o centro atua no que ele chama de ciclo de desenvolvimento completo do software. Ou seja, na especificação, na geração do código e na validação dos programas. Essa última parte é o controle de qualidade, que envolve uma série de testes rigorosos e periódicos.

De forma prática, a unidade contribui com o desenvolvimento de ideias inovadoras de outras unidades da FCA, de forma global. “As tecnologias de combustíveis alternativos que desenvolvemos estão presentes em todos os modelos lançados no Brasil e no mundo. No Jeep Compass, produzido em Pernambuco, aplicamos a tecnologia flex fuel no motor Tiger Shark. Já em mercados da América do Norte, as inovações brasileiras ajudam a gerar mais economia e eficiência. Para dar outro exemplo, a FCA contratava uma empresa terceirizada no exterior para fazer a documentação dos softwares vindos dos Estados Unidos. Atualmente, somos nós que fazemos esse serviço, com a vantagem de que o ‘know-how’ é desenvolvido dentro da empresa”, argumenta.

A equipe do Software Center é formada por 75 pessoas, incluindo engenheiros com especializações diversas. A expectativa é chegar a 110 profissionais ainda esse ano. São, majoritariamente, jovens talentos como o Engenheiro da Computação, Júlio Ferraz, que  é pernambucano, tem 28 anos e entrou na FCA depois de participar de um programa do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (C.E.S.A.R). Na época, cerca de 70% dos 38 participantes do programa foram contratados.

“Nunca tinha pensado em trabalhar na indústria automotiva, mas descobri um oceano de conhecimentos na área”, comenta, comemorando o fato de ter conseguido fazer um curso online na Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, que está na lista de universidades com as quais o Software Center tem parceria no Brasil e no exterior.  

Em sua função, Júlio Ferraz trabalha com engenheiros brasileiros e estrangeiros. Mas para essa colaboração dar certo, muitas vezes é preciso ajustar alguns detalhes. A hora é uma delas. A engenheira de Produto Elaine Silva, 35 anos, por exemplo, sempre está de olho no horário da Itália. “Como a diferença de fuso horário é de cinco horas, programamos de forma que as equipes daqui e de lá consigam revezar o uso do mesmo simulador online”, explica.

elaine

                                                        Elaine Silva interage diariamente com equipes da Itália pela internet

Para alguns, esse intercâmbio com equipes estrangeiras pode ser mais intenso. O paraibano José Henrique Silva de Oliveira, 26 anos, está prestes a embarcar para Turim, na Itália, onde passará quatro meses em intercâmbio profissional no centro de desenvolvimento de softwares do país europeu. “Estou ansioso. Acredito que vai ser uma experiência bastante proveitosa”, comenta o jovem talento, que também ingressou na FCA depois de participar do programa do C.E.S.A.R.

 

fca

                                                 Júlio e José Henrique são alguns dos jovens engenheiros do Software Center  


E como a inovação e a criatividade
estão entre os pilares da atuação do Software Center, a tendência é que cada vez mais profissionais possam acessar oportunidades como José Henrique. Recentemente, seis estudantes foram selecionados para participar de uma formação na Universidade de Oakland e fazer um estágio no Software Center da  FCA nos EUA. A primeira turma que participou da seleção já está trabalhando em Pernambuco.

“A ideia é que novas oportunidades de interação dos nossos profissionais com o mercado global sejam criadas no cotidiano de trabalho e em cursos e formações”, ressalta o coordenador Lucas Nascimento assegurando que o desafio é continuar desenvolvendo tecnologia automotiva no Brasil. E com tantos talentos e estímulos é possível prever muitas soluções inovadoras de Pernambuco para o mundo nos próximos anos.

Compartilhar

Comentários

Posts mais lidos